Suspeito de assassinar comerciante morre em confronto com a polícia de Itanhém

Suspeito de assassinar comerciante morre em confronto com a polícia de Itanhém
Polícia quer saber quem são os outros dois acusados pela invasão à casa da vítima / Foto: Medeiros Dia a Dia
02 janeiro 12:36 2019 Imprimir esta notícia

Um homem de prenome John, suspeito de matar pra roubar o comerciante Serafim Dias Soares, de 42 anos, crime ocorrido na madrugada desta última terça-feira, dia 1º de janeiro, no interior da casa da vítima, morreu horas mais tarde, já durante o período noturno, em Santa Rita do Planalto, interior de Itanhém.

Segundo informações levantadas pela polícia, o pequeno comerciante Serafim tomava conta do pai idoso e de uma irmã deficiente. Na madrugada da terça-feira (01), três homens invadiram a casa da família, após arrombamento de uma das portas. Serafim acordou com o barulho e acabou golpeado, possivelmente com faca, na região do peito, vindo a óbito logo depois.

O dinheiro que o comerciante guardava dentro de casa foi levado pelos criminosos, reforçando a hipótese de latrocínio, que é roubo seguido de morte.

Na manhã do dia do crime os policiais militares do 2º Pelotão de Itanhém, que é vinculado à 44ª Companhia Independente de Medeiros Neto (CIPM), receberam informação dando conta que o assassino estaria escondido numa fazenda próxima.

Em posse da informação os militares deslocaram-se à propriedade rural, onde dizem que foram recebidos a tiros pelo criminoso. No revide os policiais conseguiram alvejar John, que apesar de ter sido socorrido ao Hospital de Itanhém, acabou não resistindo e veio a óbito.

Com o acusado foram apreendidos uma garrucha de calibre 22, municiado com cartuchos intactos e deflagrados, além de uma espingarda chumbeira e R$ 500,00 em espécie, dinheiro que seria proveniente do roubo.

A ocorrência do caso foi formalizada no plantão regional da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas e o inquérito do caso será repassado às mãos do delegado Willian Telles, que responde pela Polícia Civil de Itanhém, autoridade responsável pelas investigações que tentam identificar os outros dois acusados pela invasão à casa das vítima. (Da redação TN)

  Categorias: