Suzano Papel e Celulose inicia operação de uma nova estação de tratamento de efluentes na Unidade Mucuri

Suzano Papel e Celulose inicia operação de uma nova estação de tratamento de efluentes na Unidade Mucuri
23 novembro 21:21 2017 Imprimir esta notícia

A Suzano Papel e Celulose acaba de informar a operação de sua nova estação de tratamento de efluentes (ETE) instalada na unidade industrial de Mucuri. A nova ETE tem capacidade para tratar 2.900 m³/h, e segundo a empresa “vai aprimorar o processo de devolução de água ao Rio Mucuri”.

A unidade de Mucuri possui capacidade anual de produção de 1,74 milhão de toneladas de celulose de eucalipto e 240 mil toneladas de papel, e agora conta com uma nova estação de tratamento de efluentes, que será utilizada em paralelo com a estação atual. Após 13 meses de obras, o start up da planta foi realizado em julho com a fase de inoculação, período de preparação do sistema para a plena operação.

Fabrício José da Silva, gerente executivo da Unidade Mucuri da Suzano Papel e Celulose, explica que a nova ETE faz parte de um conjunto de investimentos para o ano de 2017, que visa aperfeiçoar as operações da empresa e diversificar sua atuação. “Estamos sempre em busca de soluções que aprimorem os nossos processos produtivos. Com a melhor gestão dos recursos hídricos, conseguiremos aumentar ainda mais a qualidade do nosso efluente e contribuir de forma ainda mais eficaz com a proteção do meio ambiente e dos cursos d’água da região”, afirma. (Informações: Ascom Suzano)

  Categorias: