Teixeira de Freitas: Assassino confesso se apresenta à polícia e deixa Delegacia pela porta da frente

Teixeira de Freitas: Assassino confesso se apresenta à polícia e deixa Delegacia pela porta da frente
Motocicleta usada no crime foi apreendida
22 fevereiro 22:09 2019 Imprimir esta notícia

Na tarde do dia 10 de agosto de 2017, por volta das 16h50, os delegados Manoel Andreeta e Bruno Ferrari, responsáveis pelo Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), juntamente com o delegado titular Ricardo Amaral, encontravam-se na sede da 8ª Coorpin, quando tomaram conhecimento através dos prepostos da Polícia Militar (SOINT), sobre a ocorrência do homicídio tentado, praticada contra Alex Breno Martins dos Santos, fato que teria sido praticado pela pessoa identificada até então como “Robinho”, em via pública, por volta das 15h30, na rua da Saudade, bairro Bela Vista, região central de Teixeira de Freitas.

A vítima foi perseguida por criminosos que estavam em duas motocicletas e supostamente num terceiro veículo não identificado, quando então o autor efetuou cerca de cinco disparos de arma de fogo, sendo Alex atingido no braço, perna, costas e abdômen, no momento em que conduzia sua motocicleta, quando então foi socorrido ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde acabou sendo submetido a procedimento cirúrgico.

Durante a investigação os delegados descobriram que o crime havia sido praticado por Robert Cássio Ferraz Brito, o “Robinho”, que conseguiu fugir de um cerco policial, horas depois de ter praticado o assassinato, pulando os muros dos fundos das residências da vizinhança, evadindo-se para Vitória-ES. “No transcorrer das investigações, a Equipe do NHT descobriu que a vítima Alex tinha envolvimento com o tráfico de drogas chegando a ser preso no dia 09 de julho de 2017 pela guarnição da Cipe Mata Atlântica, portando drogas dentro de um veículo, no bairro Jardim Beira Rio, próximo ao Pesque e Pague, nesta cidade, sendo liberado pela Justiça na Audiência de Custódia, no dia 12 de julho de 2017”, informa Manoel Andreeta.

No dia 16 de agosto de 2017, por volta das 16h20, a vítima Alex acabou falecendo no HMTF, em decorrência dos ferimentos sofridos. No dia 19 de fevereiro de 2019, após ter seu mandado de prisão revogado pela Justiça, o autor do crime, Robert Cássio Ferraz Brito, o “Robinho”, compareceu à Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas (DT) e acompanhado do seu advogado, confessou espontaneamente e sem qualquer tipo de constrangimento a autoria do crime, contando detalhes da ação criminosa que o levou a matar a vítima Alex.

“De fato, Robert contou em seu interrogatório, que o mesmo era viciado em cocaína e tinha o costume de comprar drogas diretamente com a vítima Alex e o problema entre ambos começou quando o seu fornecedor foi preso no dia 09 de julho de 2017, acreditando que Robert o havia delatado à polícia, sendo o responsável por sua prisão em flagrante. Após ter sido solto pela justiça no dia 12 de julho de 2017, Alex começou a ameaçar Robert de morte, de forma concreta e reiterada, o que motivou o homicida a comprar um revólver calibre 38, em Vitória-ES., arma usada para assassinar seu desafeto”, disse o delegado Manoel Andreeta.

O autor do crime foi devidamente interrogado e colocado em liberdade conforme determinação judicial. (Da redação TN)

  Categorias: