Teixeira de Freitas formaliza o primeiro Consórcio Público de Saúde da Bahia

Teixeira de Freitas formaliza o primeiro Consórcio Público de Saúde da Bahia
28 novembro 16:56 2015 Imprimir esta notícia

Teixeira de Freitas e região viveram um momento histórico nesta sexta-feira (27), quando foi constituído o Consórcio Público Interfederativo do Extremo Sul da Bahia, o primeiro em todo o estado. O ato foi acompanhado pelo chefe de gabinete da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) Fernando Daltro, do consultor especialista em consórcios públicos de saúde Dr. João Ananias e do coordenador dos consórcios de saúde na Bahia Nelson Portela, além dos prefeitos e representantes dos municípios do extremo sul, que escolheram o prefeito João Bosco como presidente do Consórcio.

“Esse é um momento histórico que reflete o nível de organização de Teixeira de Freitas e dos municípios do extremo sul, que apresentou o perfil técnico e organizacional viável para a constituição do primeiro consórcio da Bahia”, destacou Fernando Daltro. O chefe de gabinete anunciou que, para o funcionamento do Consórcio, Teixeira de Freitas ganhará uma Policlínica, equipamento que será construído na área do Derba, às margens da Av. Presidente Getúlio Vargas, e corresponde a um investimento de R$ 17 de milhões do Governo do Estado.

con2O Consórcio permitirá que os municípios envolvidos saibam, de forma objetiva, o que estão contratando em serviços. O investimento será sempre proporcional ao tamanho do município, além disso, a dinâmica entre o pedido do médico e a marcação de exame na Policlínica será feita sem intermediários, respeitando somente a urgência de cada caso.

Dr. João Ananias, médico e ex-secretário de Saúde do Ceará, primeiro estado a instalar o modelo dos consórcios em saúde, destacou que “a cidade está dando um grande passo, que é fornecer para a população serviço de média complexidade de qualidade e com custeio rateado entre os municípios que usufruírem desse serviço”.

O consórcio será uma autarquia para assistência regionalizada de saúde, e funcionará em Teixeira de Freitas. Com a aprovação e assinatura do estatuto o Consórcio Público Interfederativo do Extremo Sul da Bahia passa a existir legalmente e será responsável pela gestão regionalizada da saúde. O Consórcio funcionará com os equipamentos pactuados, em especial, com a Policlínica, cujos custos de funcionamento serão rateados na proporção de 40% para o Estado, e 60% entre os municípios consorciados, na medida do uso e população.

“É um novo tempo para a efetivação do direito a saúde em Teixeira de Freitas, pois, além de fornecer os serviços que nós já oferecemos hoje para a comunidade de todo o extremo sul, teremos condições de oferecer um atendimento e medicina de excelência para a nossa comunidade”, resumiu o prefeito João Bosco, e explicou que a proposta da gestão regionalizada irá desonerar o município de Teixeira de Freitas quanto ao custo de serviços de média e alta complexidade que hoje servem à toda a região, mas que é custeada por Teixeira de Freitas. Nas próximas reuniões, os municípios deverão deliberar sobre o Contrato de Programa e Contrato de Rateio do Consórcio.

“O consórcio vai refletir um melhor atendimento ao público, com  agilidade, melhora da logística, desinchando o nosso Hospital Municipal e com custos justos para Teixeira de Freitas e demais municípios participantes, assistindo de forma regionalizada o setor da saúde pública”, concluiu o Secretário Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas Eujácio Dantas. (Da redação TN)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.