Um cobrou dívida e o outro tentou arrancar orelha do devedor com golpe de facão em Itabtã

Um cobrou dívida e o outro tentou arrancar orelha do devedor com golpe de facão em Itabtã
03 abril 13:43 2016 Imprimir esta notícia

No fim da tarde deste sábado, dia 2 de abril, policiais da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), deslocaram-se à rua Holanda, em Itabatã, distrito do município de Mucuri, onde estaria havendo uma violenta briga envolvendo três homens.

Chegando ao lugar os militares prenderam Geraldino Martins Damascena, de 44 anos, e Elicarlos Martins Oliveira, 34, que tinham tentado matar Maciel Rodrigues Cruz, de 24 anos de idade, supostamente por causa do não pagamento de uma dívida de R$ 300 pela venda de uma caixa de som.

Segundo levantamentos feitos pelos policiais militares, Geraldino abordou Maciel para cobrar a dívida e depois de uma discussão, ambos entraram em luta corporal. Aproveitando-se da desatenção de Maciel, Elicarlos, que seria comparsa de Geraldino, apossou-se de um facão e aplicou um golpe na cabeça do devedor. Por sua vez, Maciel também pegou um pedaço de madeira e acertou Elicarlos.

Feridos os dois precisaram ser socorridos ao Hospital São José, no próprio distrito de Itabatã e logo depois acabaram sendo conduzidos e apresentados ao delegado Charlton Fraga, responsável pelo plantão regional do fim de semana na sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas.

Após ouvir os agressores e a vítima o delegado Charlton Franga indiciou Geraldino e Elicarlos por crimes de agressão e ameaça. Enquanto Maciel terminou liberado e está recuperando-se do golpe de facão que quase arrancou a sua orelha. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.