Vereadora Erlita apresenta Projeto instituindo o “20 de Novembro” feriado municipal em tributo ao Dia da Consciência Negra

Vereadora Erlita apresenta Projeto instituindo o “20 de Novembro” feriado municipal em tributo ao Dia da Consciência Negra
04 dezembro 19:43 2018 Imprimir esta notícia

Passou a tramitar nas comissões permanentes da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, desde a última sessão ordinária de quarta-feira, 28 de novembro, o Projeto de Lei do Legislativo 94 de 20 de novembro de 2018, de autoria da vereadora Erlita Conceição de Freitas (PT), que institui o Dia 20 de Novembro, como Feriado Municipal Comemorativo ao “Dia da Consciência Negra”.

O Projeto de Lei da vereadora Erlita Freitas propõe instituir no município de Teixeira de Freitas o “Dia 20 de Novembro” como feriado municipal, comemorativo ao Dia da Consciência Negra. O projeto ainda prevê os seguintes objetivos: Realizar atividades de reflexão para sensibilizar a sociedade quanto à prática de qualquer ato de preconceito e discriminação racial; promovendo ações de políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento da raça negra e a promoção da igualdade social.

Sendo assim, durante todo o dia, poderão ser promovidas pelo Poder Público, através das Secretarias Municipais de Educação e Cultura, Esportes e Turismo, atividades alusivas ao tema, como seminários, palestras, exposições, passeios, desfiles e apresentações artísticas. A data, segundo a vereadora Elita Freitas, segue o exemplo de tantos outros municípios brasileiros que celebram a data em tributo a história da negritude no Brasil e, no caso de Teixeira de Freitas, se faz justificar a história do município que foi todo construído pelos negros.

A vereadora Erlita Freitas explica que essa ação tem por objetivo valorizar e resgatar a história. “O dia da Consciência Negra” serve como um momento de conscientização e reflexão e de prática de ações de conscientização e prevenção contra o racismo e a discriminação que afeta o povo negro. O feriado é uma homenagem do movimento negro demarcando o dia da morte de um dos maiores líderes negros do Brasil, Zumbi dos Palmares, assassinado na Serra da Barriga, em Alagoas no ano de 1695”, conclui a parlamentar. (Por Andressa Lima)

  Categorias: