Voto útil: Bergamo e a possibilidade de decisão da eleição no primeiro turno

Voto útil: Bergamo e a possibilidade de decisão da eleição no primeiro turno
22 setembro 21:56 2018 Imprimir esta notícia

Em sua coluna na Folha, a jornalista Mônica Bergamo diz que as equipes de campanha de Bolsonaro e Haddad começaram a considerar a possibilidade, ainda que remota, de que a eleição seja decidida já no primeiro turno. Segundo ela, a percepção baseia-se na hipótese de que a subida de Haddad nas pesquisas possa estimular o voto útil de eleitores antipetistas em Bolsonaro, esvaziando ainda mais as candidaturas de Alckmin e de “nanicos” como João Amoêdo e Henrique Meirelles.

De acordo com Mônica, a possibilidade de isso acontecer assusta o PT, mesmo que eleitores de centro e de esquerda que rejeitam Bolsonaro venham a migrar para Haddad, para evitar a vitória antecipada do presidenciável do PSL já no primeiro turno. No segundo turno, na visão dos petistas ouvidos pela colunista, haveria tempo de Haddad formar um arco de alianças para ampliar seu eleitorado. “Obviamente, se tudo se precipitar, a estratégia de Haddad vai para o vinagre”, escreveu. (Da redação TN)

  Categorias: