Indígenas protestam durante visita de Bolsonaro a Porto Seguro

No dia em que o Brasil celebra 522 anos do Descobrimento, nesta sexta-feira (22), indígenas em Porto Seguro fizeram um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Indígenas protestam durante visita de Bolsonaro a Porto Seguro

Com faixas e cartazes, os manifestantes pediram respeito aos povos indígenas em todo o país e entoaram gritos de “Fora Bolsonaro”, além de cânticos, de acordo com o UOL.

Um vídeo divulgado na internet mostra ainda o momento em que os protestantes derrubam cercados que delimitavam a entrada do espaço do evento com o presidente.

Durante o ato, o grupo ainda gritou palavras de ordem contra o presidente e pichou a estátua do navegador português Pedro Álvares Cabral.

O presidente Jair Bolsonaro chegou a Porto Seguro por volta das 13h e foi direto para a cerimônia em homenagem aos 522 anos da chegada dos portugueses ao Brasil, no Centro Histórico.

Indígenas protestam durante visita de Bolsonaro a Porto Seguro

Queiroga assina portaria que revoga emergência sanitária da Covid-19

Indígenas protestam durante visita de Bolsonaro a Porto Seguro

Secretaria de Saúde realiza pulverização em diversos bairros em combate ao Aedes Aegypti