Porto Seguro: Engenheiro acusado de matar a esposa jornalista na noite de réveillon é condenado a 27 anos de prisão em regime fechado

O engenheiro Reges Amauri Krucinski, de 45 anos, acusado de matar a esposa a tiros na noite de réveillon, no dia 31 de dezembro de 2021, foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado. A decisão foi divulgada na sexta-feira (7), marcando o desfecho de um caso que abalou a comunidade de Porto Seguro.

Porto Seguro: Engenheiro acusado de matar a esposa jornalista na noite de réveillon é condenado a 27 anos de prisão em regime fechado

Segundo apurou o G1 Bahia, a vítima, a jornalista Juliana de Freitas Alves, de 41 anos na época, foi morta a tiros no Condomínio Xurupita. O casal, que havia se conhecido há dois anos e casado em setembro de 2020, estava discutindo quando o engenheiro se apossou de uma arma e atirou quatro vezes contra a mulher, que morreu no local.

A relação entre Juliana e Reges parecia estável, mas relatos de amigos e familiares indicam que havia tensões entre os dois.. O casal tinha um filho em comum, além de cada um ter um filho de relacionamentos anteriores.

Polícia Militar apreende porções de maconha e crack em Teixeira de Freitas

Polícia Militar apreende porções de maconha e crack em Teixeira de Freitas

Ônibus da Águia Branca que saiu de Teixeira de Freitas e seguia para Itabuna sofre acidente na BR-101

Ônibus da Águia Branca que saiu de Teixeira de Freitas e seguia para Itabuna sofre acidente na BR-101