Morre o ex-prefeito Wagner Mendonça, um homem público que inspirou gerações em Teixeira de Freitas

Teixeira de Freitas chora a perda do médico e ex-prefeito Wagner Mendonça, um político visionário e arquiteto de sonhos que deixa sua marca na história da cidade.

Morre o ex-prefeito Wagner Mendonça, um homem público que inspirou gerações em Teixeira de Freitas

Por Athylla Borborema

O médico e ex-prefeito de Teixeira de Freitas, Wagner Ramos de Mendonça, 74 anos, faleceu aos 15 minutos da madrugada de hoje – quarta-feira (15/05), em Salvador, vitimado por síndrome da falência de múltiplos órgãos, caracterizada pela deterioração aguda de dois ou mais sistemas orgânicos, que resultou em perda da função dos órgãos acometidos. O político vinha há 5 anos lutando contra as sequelas de um silencioso e agressivo AVC que sofrera no ano de 2019.

No dia 6 de março de 2019, ele foi internado às pressas no Hospital Sobrasa em Teixeira de Freitas, após ter sofrido em sua casa um AVC – Acidente Vascular Cerebral e na madrugada seguinte foi transferido em uma UTI Aérea da Unimed para o Hospital São Rafael, em Salvador -, e depois de se restabelecer, estava em sua casa, onde foi implantado um leito especial para ele, onde vivia sob os cuidados de uma equipe de saúde.

Em dezembro de 2023, o estado de saúde do médico Wagner Mendonça se agravou com um quadro crônico de pneumonia que gerou outras complicações, quando foi levado para Salvador e não retornou mais. Desta vez, ele foi direto para uma UTI – Unidade de Tratamento Intensivo, mas como houve melhoras no seu quadro clínico ele foi mudado para um CTI – Centro de Terapia Intensivo e mais recentemente ele foi transferido para um CTI de uma Clínica Especializada em cuidados avançados na sua patologia específica.

O médico Wagner Mendonça faleceu na Clínica Florence, no bairro de Nazaré em Salvador, que se trata do primeiro Hospital de Transição de Cuidados do Norte/Nordeste, especializado no atendimento a pacientes em reabilitação e em cuidados paliativos, um marco no tratamento humanizado no Brasil, unidade em que fez seu passamento para a imortalidade o médico Wagner Mendonça em meio ao acolhimento, conforto e afeto de um ambiente familiar.

O velório do corpo do ex-prefeito Wagner Mendonça está marcado para começar a partir das 20h desta quarta-feira (15), no Plenário Francistônio Alves Pinto da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas.

Morre o ex-prefeito Wagner Mendonça, um homem público que inspirou gerações em Teixeira de Freitas

Wagner Mendonça

O médico Wagner Ramos de Mendonça nasceu no pequeno município de Douradoquara, de apenas 312,878 Km² e uma população de cerca de 2 mil habitantes, situado na região do Alto Paranaíba, na divisa com Goiás, em território do Triângulo Mineiro. Wagner Mendonça chegou em Teixeira de Freitas aos 29 anos, no ano de 1979, após ter se formado em medicina e concluído a sua residência médica e, foi no Hospital Sobrasa que ele começou a sua trajetória profissional e dedicou a maioria dos seus anos de vida aos seus pacientes que fazia questão de cumprimentá-los pelo nome.

Trajetória Política

Teixeira de Freitas se emancipou em 9 de maio de 1985 e nas eleições que elegeria o primeiro prefeito Temóteo Alves de Brito e os primeiros 13 vereadores, Wagner Mendonça se aventurou pela primeira vez na política e se elegeu como o mais votado do município com 1.036 votos, onde exerceu uma legislatura até 31 de dezembro de 1988. Em 1992 foi candidato a vice-prefeito na chapa para o segundo mandato do prefeito Temóteo Brito, para uma gestão que começou em 1º de janeiro de 1993 e se finalizou em 31 de dezembro de 1996.

Apoiado por Temóteo Brito, nas eleições de 1996, o médico Wagner Mendonça se lançou candidato a prefeito, se elegeu e ocupou o posto de chefe do Poder Executivo Municipal de 1º de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000, mas foi reeleito prefeito e exerceu o seu segundo mandato de 1º de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004. É quando ele consegue entrar para a história como o primeiro prefeito reeleito do jovem município de Teixeira de Freitas e pelas suas ações administrativas visionárias. Era admirado exatamente por causa do seu perfil manso, afável, amigueiro, educado, atencioso, simples e totalmente desburocratizado.

Legado

Como médico, Wagner Mendonça construiu um legado de sabedoria e respeito na região e como prefeito, ficou conhecido como pai do servidor público e um político de extrema retidão. Fez significativos investimentos que priorizaram a saúde pública, a educação, a cultura e a infraestrutura com grandes obras de asfaltamento, esgotamento sanitário, praças de lazer, limpeza pública, trânsito, planejamento urbano e organização dos serviços tributários. Na segurança pública, ele foi um grande parceiro do Estado e ajudou a reduzir os índices de criminalidade na cidade e mesmo sob críticas, enfrentou a revolta de um certo grupo contrariado e conseguiu inaugurar o Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, que pouco tempo depois, a própria população reconheceu a visão do político diante dos benefícios que a unidade passou a proporcionar ao município.

No dia 3 de maio de 2017, a Câmara Municipal de Teixeira de Freitas sob a presidência do então presidente Agnaldo Teixeira Barbosa, prestou uma grande homenagem em sessão solene ao médico e ex-prefeito Wagner Mendonça, em reconhecimento à grandeza das suas práticas em favor da construção da cidade, por ocasião que Teixeira de Freitas completava 32 anos de emancipação-político administrativa. Em seu discurso na época na tribuna do Poder Legislativo, o médico Wagner Mendonça se emocionou na frente da multidão que lotava o plenário ao relembrar pontos da sua história de amor com Teixeira de Freitas e da sua parcela de colaboração cívica e política, dizendo que amaria eternamente o município que escolheu para viver, constituir família, construir sua vida, criar seus filhos, participar da vida do povo e se imortalizar.

A Marca

Durante os 8 anos das suas duas gestões, Wagner Mendonça sempre se vestiu de branco em honra a sua profissão e era visto diariamente caminhando da sua casa na Rua Graciliano Viana, no bairro Bela Vista até o seu Gabinete na Prefeitura Municipal, na Avenida Marechal Castelo Branco, no centro da cidade – no caminho parava inúmeras vezes para cumprimentar pessoas e trocar ideias com à população. Ao meio-dia ele sempre seguia a pés para almoçar em um dos restaurantes da vizinhança. O médico e ex-prefeito Wagner Ramos de Mendonça deixa esposa, a farmacêutica bioquímica Vera Lúcia Rosa de Castro, três filhos Juliana (médica), Wagner Filho (bioquímico) e Victor (médico) e 4 netos.

Polícia Militar prende suspeito com mais de 350 porções de drogas em Itamaraju; fornecedor está foragido

Polícia Militar prende suspeito com mais de 350 porções de drogas em Itamaraju; fornecedor está foragido

Repórter teixeirense será um dos palestrantes do Seminário de Jornalismo Investigativo da ABRAJI em Salvador

Repórter teixeirense será um dos palestrantes do Seminário de Jornalismo Investigativo da ABRAJI em Salvador